28 de fevereiro de 2007

Caos, Depressão

Pés descalços no chão cheio de papel e sujeira. Gaveta revirada, roupa pulando pra fora, pó em todo o lugar. E daí? Tem coisa bem mais importante.
Sai apressada, nem olha no espelho. Está bonita? Tem coisa bem mais importante.
Vitrine não vê, televisão não vê, não se vê, não vê o que não importa.
As coisas desimportantes ficam debaixo do pó. Onde estão os sapatos?
Descanso não tem, sossego não tem. Respira fundo e vai, se der tempo, se é que importa.
O sol quente na cabeça, não dá tempo de pensar com esse tempo! O que importa é que se aja e haja forma de agir.
Paredes encardidas, cama desarrumada faz mais de um mês, cartas e contas em cima da mesa da cozinha. Isso não importa, não agora.
Corre pra qualquer canto, todo canto.
Ar puro não sente, raiva não sente, não tem pesadelo de noite. Não dá tempo, não importa.
Cabelo despenteado, camisa amarrotada, vida desordenada, desorientada, desacreditada.
Que seja o que não é. Não importam suas crises, dúvidas ou questionamentos. Você tem depressão? Só há tempo para o caos.

Um comentário:

Anônimo disse...

I found some search engines.
But i dont understand the type it.

levitra
phentermine
carisoprodol