16 de outubro de 2006

Lixo

É pra lá de demorado conseguir perceber que é tudo mesmo um lixo e que não muda, vai ser sempre um lixo.
Sujo, fedido, feio e nojento como qualquer outro lixo.
E ninguém vai olhar pro teu lixo porque o próprio lixo fede tanto quanto.
A gente esquece dessas quando chega alguém e passa um perfume por alí e disfarça um pouco... esquece e acha o lixo lindo.
O lixo é lindo.

2 comentários:

Batata disse...

Credo, que lixo!

Tupinanquim disse...

crêndios!
rsrs